Como comecei a trabalhar com testes automatizados (e como você pode começar)

starting-automation

A um tempo atrás, aproximadamente 2 anos, eu tentei trabalhar com testes automatizados. Na época, eu trabalhava com testes manuais, voltados para o fluxo de usuário, negócio, alguns testes de usabilidade e coisas do gênero.  Tive uma tentativa e oportunidade para trabalhar com automação de testes mas, não consegui dar continuidade pois não tinha base suficiente em lógica de programação e paradigmas de programação, como o orientado a objetos.

No início do ano passado, entrei para a faculdade. Nos dois primeiros semestres, tive cadeiras de lógica de programação, programação em paradigma estrutural e cadeiras de orientação a objetos. Fiz um esforço para entender o máximo possível do paradigma de orientação a objetos e de lógica, e após isto, resolvi fazer uma nova tentativa. Dessa vez, tive mais segurança e facilidade para compreender e para desenvolver meus scripts de testes e com isso, consegui dar sequência neste desafio, que era trabalhar com testes automatizados.

Posso afirmar que, comparando os dois períodos e as duas tentativas, certamente nesta segunda tive mais fluidez na execução das tarefas e com isto, consegui me manter neste tipo de atividade, visto que já estava com uma base mais sólida de lógica e orientação a objetos, além do apoio e fazendo as perguntas certas para a comunidade e colegas mais experientes no assunto.

Com isto, em resumo: Para iniciar, tente construir uma base em lógica de programação e orientação a objetos, pois isso irá facilitar na execução das tarefas e no dia a dia de automação de testes. Existem inúmeras técnicas, ferramentas, linguagens e possibilidades com testes automatizados. Recomendo que você comece a estudar pelo que se aplica melhor ao seu contexto de trabalho, para que consiga aplicar e ver os resultados na prática. Minha primeira experiência foi com testes automatizados de UI, mas já trabalhei e tive que aprender sobre testes automatizados de API, unitário, arquivos, etc.

Por isso, fique tranquilo: dê o primeiro passo, e siga aprendendo aos poucos. Com o tempo, você pode aumentar seu leque de ferramentas e técnicas.

Mas Samuel, eu não sei programar. Não vou conseguir automatizar?

Claro que vai, meu caro soldado. Hoje em dia, existem ferramentas e abordagens que viabilizam isto. O Selenium IDE por exemplo, permite gravar as ações que são executadas em tela, salvar e executar como um script automatizado. Tudo depende do seu contexto, necessidade e do quanto você deseja se aprofundar nas possibilidades de automação de testes, processos e afins.

A este tipo de abordagem, damos o nome de record and play. Utilizar este tipo de ferramenta pode ser um bom início para entender algumas funcionalidades, e como é feita a interação com as aplicações. Todavia, passar isto para um projeto, em alguma linguagem de programação pode lhe dar mais possibilidades, como o uso de boas práticas, reaproveitamento de código, versionamento, automatizar a execução com alguma ferramenta de Integração Contínua, adicionar bibliotecas ou frameworks específicos, e por aí vai. Tudo depende de até onde você deseja ir com testes automatizados e quais são seus objetivos e necessidades.

Por fim, deixo abaixo alguns links úteis, numa ordem que eu considero que será mais interessante para seus estudos. Espero que ajude, assim como têm me ajudado. Fique a vontade para me contatar, comentar, pedir ajuda, fico a disposição para troca de experiências.

Blog Tools QA – Blog com uma série de tutoriais sobre automação de testes. Possui tutoriais completos e bem didáticos de Selenium com Java, Java + Cucumber, C Sharp, C Sharp + SpecFlow, tudo o que você precisa para iniciar seus estudos com automação de testes. É em inglês, mas faça como eu, use o tradutor 😛

Blog automação fora da caixa – Blog com um passo a passo para implementar projetos de automação de testes, em português, com lições e exercícios semanais. A primeira série de aulas foi com TestComplete, e a segunda está sendo de automação com Java e Cucumber.

Repositório com ferramentas para testes automatizados de todos os tipos –  E você, quais são seus desafios para iniciar com automação de testes? Pra quem já trabalha com automação, como foi no início?

E você, quais são seus desafios para iniciar com automação de testes? Pra quem já trabalha com automação, como foi no início? Comenta aí! 😉

— Samuel Lucas

 

Anúncios

2 comentários sobre “Como comecei a trabalhar com testes automatizados (e como você pode começar)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s